Contactar +351 300-501-910

II Encontro do Programa de Mentoria

O II Encontro do Programa de Mentoria para a Inovação e Liderança (PMIL) realizou-se a 22 de setembro, em formato virtual, e contou com a presença de mentores/as e mentorados/as, das três primeiras edições do programa.

Partilha de Conhecimento

banner site biblioteca partilha conh

O Centro de Conhecimento AP convida todos os interessados em partilhar os seus projetos, trabalhos e resultados das suas investigações, no domínio da Administração Pública.

Para tal, basta enviar um email para conhecimento@ina.pt e incluir no assunto da mensagem Partilhar Centro de Conhecimento AP.

Feira do Livro da INA Editora

noticia feira livroEntre 25 de agosto e 11 de setembro, por ocasião da Feira do Livro de Lisboa e do Porto, a INA Editora vai fazer um desconto de 30% em todo o seu catálogo e de 40% no Livro do Dia.

Feira do Livro da INA Editora

noticia feira livroEntre 25 de agosto e 11 de setembro, por ocasião da Feira do Livro de Lisboa e do Porto, a INA Editora vai fazer um desconto de 30% em todo o seu catálogo e de 40% no Livro do Dia.

Código de Ética e Conduta

O Código de Ética e Conduta do INA, I.P., é um sistema ordenado de normas, princípios e regras de conduta interna, que devem ser observados por todos os trabalhadores no exercício das suas funções, visando o cumprimento da missão e atribuições do INA, assumindo-se para o efeito, o compromisso com os valores institucionais da prossecução do interesse público, do trabalho colaborativo, da orientação, à melhoria da capacidade de resposta e do foco no futuro, que devem reger a sua atuação.

Newsletter INA – Agosto 2022

noticia news 2022Na edição de agosto, a Newsletter INA destaca o Programa de Formação 2023, em especial a formação na área da Cidadania e Participação e a mais recente edição do Diploma de Especialização em Compras e Contratação Pública.

APEX | Nova parceria

noticia BA APEXFaculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa integra a Aliança para a Promoção da Excelência na Administração Pública (APEX).

Centro de Conhecimento AP

banner PF2023 CConhecimento

O Centro de Conhecimento no domínio da Administração Pública - Centro de Conhecimento AP -  constitui uma unidade orgânica flexível que integra a Direção de Serviços de Desenvolvimento de Modelos Organizacionais e Promoção da Inovação (DSMOPI) do INA, I. P.

O Centro de Conhecimento AP tem como objetivo global a sistematização e a disseminação de conhecimento e boas práticas na e da Administração Pública, assumindo um papel preponderante na análise, conceção e desenvolvimento de soluções de capacitação.

Pretende, ainda, incentivar a coprodução e difusão de conhecimento sobre temas relevantes para a Administração Pública, através do estabelecimento de parcerias com diversas entidades, especialmente com Instituições de Ensino Superior (IES) e unidades de I&D (UI&D), promovendo a investigação colaborativa na área da gestão e modernização da AP, bem como desenvolvendo uma oferta formativa, diferenciada e alargada, suportada em metodologias e soluções inovadoras de intervenção.

Debate e Reflexão

banner PF2023 CConhecimento

O CCAP disponibiliza um conjunto de iniciativas e eventos promotores de reflexão e debate do conhecimento. Tem como objetivo promover o desenvolvimento cultural, científico, social e tecnológico dos trabalhadores e dirigentes da Administração Pública.

Através destas iniciativas e eventos pretende-se contribuir para o desenvolvimento de uma Administração Pública mais moderna e eficiente. Neste sentido o CCAP promove webINArs, encontros, ciclos, congressos, seminários, entre outros.

{accordionfaq faqid=raf faqclass="lightnessfaq plus headerbackground headerborder contentbackground contentborder round5" autonumber=0 active=0}

Congresso Nacional da Administração Pública

O Congresso Nacional da Administração Pública é um grande evento de informação, reflexão e debate.

Tem como objetivo promover e disseminar o conhecimento sobre temas nucleares da Gestão e Políticas Públicas e abordar os desafios globais urgentes que se impõem à Administração Pública para garantir o bem-estar e interesses da sociedade.

Nas suas já numerosas edições foram partilhadas e debatidas estratégias, políticas, modelos, projetos, serviços, produtos e boas práticas.

A edição de 2022 é subordinada ao tema "Caminhos para a Sustentabilidade" e pretende promover e disseminar o conhecimento sobre a Administração Pública, as tecnologias emergentes, a inovação e as políticas públicas para uma sociedade sustentável.

 

WebINArs

Combate ao Racismo e à Discriminação

Ciclo de WebINArs dedicado à temática do racismo e discriminação.

Esta iniciativa teve como objetivo proporcionar a reflexão acerca da temática do racismo e da discriminação, bem como das linhas de ação, planos e medidas para promover a igualdade e os direitos humanos e fundamentais, nos domínios político, económico, social e cultural ou em qualquer outro domínio da vida pública.

Mais informações aqui.

Participação

Ciclo de WebINArs sobre Participação na Administração Pública (AP).

Esta iniciativa teve o intuito de divulgar e sensibilizar os/as trabalhadores/as e dirigentes para a importância de promover e concretizar a participação na tomada de decisão, através da partilha de experiências participativas e da discussão dos impactos que decorrem de decisões tomadas desta forma. Abordou ainda, a concretização do disposto no artigo 267.º da Constituição da República Portuguesa – nos termos do qual a Administração Pública deve ser estruturada de forma "a aproximar os serviços das populações e a assegurar a participação na sua gestão efetiva" – bem como a implementação de políticas públicas, como a recente Resolução do Conselho de Ministros (RCM) n.º 130/2021, que estabelece o Dia Nacional da Participação e aprova as normas que regem o Orçamento Participativo Portugal e o Orçamento Participativo da Administração Pública ("AP Participa").

Mais informações aqui.

Plano de Recuperação e Resiliência

Ciclo de WebINArs nas áreas de intervenção do INA no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (Componente C19 - Administração Pública).

Esta iniciativa em formato de mesa redonda foi composta por 3 sessões abordando temas associados à Formação Superior, Competências Digitais e Programa Qualifica.

Mais informações aqui.

Princípios Fundamentais da AP

Ciclo de webINArs dedicado aos Princípios Fundamentais da Administração Pública, previstos no artigo 266.º da Constituição da República Portuguesa.

Esta iniciativa teve como objetivo promover o conhecimento e fomentar a apresentação e reflexão do enquadramento de atuação da Administração Pública. Este ciclo de seis conversas/debates abordou em cada sessão um dos princípios que se aplicam a toda a atividade administrativa na prossecução do interesse público: legalidade; igualdade; proporcionalidade; justiça; imparcialidade; e boa-fé.

Mais informações aqui.

Programa de Capacitação em Direitos Humanos para a Administração Pública

Ciclo de WebINArs inserido no Programa de Capacitação em Direitos Humanos para a Administração Pública.

Esta iniciativa teve por objetivo promover os direitos humanos e os direitos fundamentais nos serviços públicos portugueses.

Mais informações aqui.

 

EndFAQ

Prémio INA

banner site premios ina

A existência de um conjunto alargado de estudos, teses, projetos e trabalhos de investigação, torna pertinente a criação de um modelo que sistematize o conhecimento gerado, com vista a:

  • Incentivar, reconhecer e divulgar trabalhos/ estudos de investigação de excelência desenvolvidos nos domínios da AP.
  • Distinguir e galardoar trabalhos/estudos de investigação de elevada qualidade no domínio da administração pública.

Assim surge o Prémio INA Melhor Investigação sobre Administração Pública que visa reconhecer e distinguir, anualmente, estudos de investigação desenvolvidos na área da Administração Pública. Tem como objetivos:

  • Estimular a investigação e a criação de conhecimento sobre a Administração Pública;
  • Promover e disseminar temas que contribuam para um incremento do conhecimento dos trabalhadores e dirigentes da Administração Pública.

Para mais informações consulte o regulamento aqui.

Estágios INA

banner PF2023 CConhecimento estagios

Estágio curricular - resulta de protocolo celebrado entre o INA, I. P. e a Instituição de Ensino Superior (IES) do estagiário. Constitui parte integrante do plano de curso do estagiário. Destina-se a estudantes que dominem fluentemente a língua portuguesa e se encontrem matriculados em cursos de ensino universitário, em Portugal ou no estrangeiro, e tem a duração de seis meses, não renováveis, correspondente ao plano de estudos aprovado pela IES.

Estágio extracurricular - resulta de contrato celebrado entre o INA, I. P. e os estagiários. Destina-se a qualquer interessado, com mais de dezoito anos de idade, que domine fluentemente a língua portuguesa e seja detentor de uma licenciatura obtida em IES Portuguesa ou no estrangeiro. Tem a duração de doze meses prorrogáveis, desde que previamente aprovado pelo Conselho Diretivo do INA, I. P., por igual período, uma única vez.

Tanto o estágio curricular como o estágio extracurricular não são remunerados. Para mais informações consulte o regulamento.

Avaliação

banner prospetiva avaliacao

Uma das linhas de ação do Centro de Conhecimento AP consiste em identificar, registar, tratar e avaliar dados relevantes, recolhidos de forma contínua, sobre a área da "Formação e Desenvolvimento" com vista à constituição de um repositório organizado de informação que visa apoiar decisões e viabilizar a criação de novos produtos e soluções, na área da formação e desenvolvimento.

Esta abordagem atende a necessidades atuais e antecipadas de modo a preparar e desenvolver soluções de capacitação direcionadas à melhoria de competências que permitam modernizar a gestão pública e progressivamente qualificar o serviço prestado aos cidadãos e às empresas.

 

esquema conhecimentoAP 2

Outra das linhas de ação do Centro de Conhecimento AP consiste em implementar colaborativamente metodologias de monitorização e avaliação que incidam sobre programas, abordagens, projetos e ações, no âmbito da capacitação e do desenvolvimento.

Estes processos visam identificar as iniciativas que produzem ou têm potencial de produzir os melhores resultados, mapeando as condições necessárias para a sua disseminação e aplicação efetiva.

Parcerias e Projetos

banner site biblioteca parcerias proj

O INA enquanto centro de partilha de informação e conhecimento científico, experiências e boas práticas. Promove o conhecimento e a capacitação de pessoas, equipas e entidades da AP com base no conhecimento e experiência adquiridos em projetos desenvolvidos pelas UI&D.

Na prossecução desta finalidade, coopera com diversas entidades na realização de estudos e projetos que permitam por um lado, aprofundar o conhecimento sobre a AP e, por outro, ressistematizar a oferta de capacitação com base nas competências identificadas como necessárias, incorporando metodologias de inovação pedagógica na formação.

{accordionfaq faqid=raf faqclass="lightnessfaq plus headerbackground headerborder contentbackground contentborder round5" autonumber=0 active=0}

Protocolos

O INA, I.P., assinou, no dia 21 de setembro de 2021, um protocolo de colaboração com o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e com o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), com o objetivo de reforçar o diálogo entre a Administração Pública e o Ensino Superior, disseminar conhecimento, valorizar a qualificação das pessoas e criar rotinas graduais de governança, não se afastando especializadas e posteriores parcerias. 

Para mais informação consulte os protocolos aqui.

Trata-se de mobilizar a AP para o conhecimento e de mobilizar o conhecimento para a AP através de programas de capacitação e de reciclagem de competências; projetos de investigação e de intercâmbio cultural, científico e técnico e tecnológico; ciclos de WebINArs e de workshops; e estágios e cursos à medida, sendo estas algumas das iniciativas previstas em protocolo(s).

Parcerias

O novo enquadramento legislativo do INA, I. P. reconhece a especificidade do ensino e da formação da Administração Pública, bem como a importância da constituição de parcerias com instituições de ensino superior, designadamente no sentido de se dotar de recursos humanos altamente qualificados em especial para a prossecução das suas atribuições ao nível da formação, bem como para garantir a valorização técnica e tecnológica da Administração Pública, através de uma visão estratégica orientada para a qualificação e capacitação dos trabalhadores da Administração Pública e a modernização administrativa.

Neste sentido, o reforço de parceria com instituições de ensino superior e unidades de investigação e desenvolvimento, especialmente as UI&D avaliadas e financiadas pela FCT, reveste-se de uma importância estratégica para o CCAP, tendo como objetivo:

  • Identificar interesses de investigação e objetos de estudo.
  • Formular problemas de investigação e enquadramento conceptual geral.
  • Realizar estudos e pesquisas sobre boas práticas no domínio da formação e qualificação.
  • Desenvolver projetos de investigação e estudos aplicados no domínio das políticas públicas na área da administração e gestão pública.

Consórcios

A possibilidade de constituição de consórcios entre o Instituto Nacional de Administração, I. P., e as instituições de ensino superior e do sistema científico e tecnológico com larga experiência no ensino da Administração Pública pretende promover a valorização, modernização, alargamento, rigor e exigência na formação e qualificação da Administração Pública, tendo em conta os desafios societais contemporâneos, alavancando o capital científico no que respeita às ciências da administração e aos cursos de nível superior nas áreas da Administração Pública desenvolvidos ao longo dos últimos anos. Ambiciona ainda estabelecer mecanismos de colaboração alargada, de partilha de conhecimento e experiência, e de promoção da investigação nas ciências da administração, políticas públicas e áreas conexas.

Com base neste enquadramento, o INA, I. P., promove com as instituições de ensino superior e do sistema científico e tecnológico a formalização dos termos e condições da respetiva participação em cada um dos consórcios, tendo em conta o reconhecimento e ou a experiência acumulada das mesmas no quadro dos objetivos a prosseguir. A Portaria n.º 669/2022 de 7 de setembro define os termos em que são constituídos os referidos consórcios com vista ao desenvolvimento de ações de formação na Administração Pública. A referida legislação prevê a constituição dos seguintes consórcios:

  • “Formação Avançada para a Administração” (Consórcio FA>AP).
  • “Contabilidade e Auditoria para a Administração Pública” (Consórcio CA>AP).
  • “Leap — Liderança Executiva na Administração Pública” (Consórcio Leap>AP).
  • “Impulso Digital para a Administração Pública” (Consórcio IP>AP).

Os consórcios mantêm-se abertos à entrada de outras instituições de ensino superior e do sistema científico e tecnológico que os queiram integrar e que promovam o desenvolvimento, a transmissão e a difusão do conhecimento.

EndFAQ

 

Liderança

banner PF2023 lideranca

Os organismos públicos devem desenvolver ambientes e modelos de trabalho que, com lideranças mobilizadoras, permitam aos trabalhadores identificar problemas, formular ideias, desenvolver propostas, colocar em prática projetos inovadores, avaliar os resultados e partilhar o conhecimento de forma mais colaborativa. Devem ainda desenvolver competências ao nível da assessoria política eficaz e oportuna.

As competências emergentes nesta área incluem o uso de técnicas de previsão, desenho de políticas experimentais, desenvolvimento de políticas baseadas em dados, formulação de políticas abertas, design e pensamento sistémico.

Os novos líderes devem, ainda, ser capazes de impulsionar a inovação, desenvolver equipas e fomentar o empoderamento, conhecimento e responsabilidade. Além disso, devem, igualmente, ser capazes de gerir a relação com terceiros no que diz respeito a contratação de serviços.

Outra competência essencial a desenvolver corresponde à capacidade de adaptação a ambientes de trabalho e formas de trabalho em rápida mudança que requerem um conjunto de competências sociais, emocionais e cognitivas, tais o pensamento criativo e a resolução de problemas, o pensamento crítico e a autoconsciência para reconhecer o próprio conhecimento e suas limitações.

A par destas competências são, também, importantes a capacidade para desenvolver empatia, cultivar relacionamentos, gerir efetivamente a dinâmica de grupo e aceitar responsabilidade.

Por último, será de destacar as novas metodologias de trabalho que requerem outro tipo de competências ao nível da gestão, comunicação, recurso a ferramentas interativas, gestão do tempo, autonomia e responsabilidade.

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia

Datas e Inscrições Abertas: https://sigef.ina.pt/

Cursos:

{accordionfaq faqid=raf faqclass="lightnessfaq plus headerbackground headerborder contentbackground contentborder round5" autonumber=0}

FORMAÇÃO EM CONSÓRCIO

Formação Avançada >AP (Consórcio FA>AP)
Consórcio com vista ao desenvolvimento das ações de formação de quadros técnicos superiores e dirigentes da Administração Pública, previsto no n.º 2 do artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 19/2021, de 15 de março.

Formação Executiva > AP (Consórcio Leap>AP)
Consórcio visando a qualificação, capacitação e valorização dos recursos humanos da Administração Pública, através de um programa de formação avançada, de cariz profissionalizante, e de investigação e experimentação aplicada nas áreas da liderança e gestão.

DESENVOLVIMENTO EM LIDERANÇA

•    Biologia da liderança
•    Bootcamp de liderança para dirigentes
•    Ciclo de dmaic (define, measure, analyse, improve and control)
•    Curso para diretores escolares
•    Desenho de programas de mentoria
•    Gestão da comunicação e ciência
•    Gestão da crise e mudança organizacional
•    Gestão do conhecimento em serviço público
•    Liderança em contexto público
•    Melhoria da eficiência operacional nos serviços públicos (lean public governance)
•    Mentoria avançada
•    Modelos de liderança
•    O auto-conhecimento e a gestão pessoal no contexto da gestão pública

EndFAQ

Mais informações aqui.

 

Programa de Capacitação Avançada para o In

banner site2021 CAT

O CAT – Formação Inicial tem como objetivo proporcionar a formação inicial obrigatória que assegure elevados níveis de qualificação em domínios transversais a toda a Administração Pública e em domínios especializados para diferentes perfis profissionais. Nos termos atuais, a respetiva estruturação resulta da Portaria 231/2019, de 23 de julho, com a redação dada pela Portaria n.º 107/2022, de 8 de março.

Destinatários:
Trabalhadores/as em funções públicas integrados na carreira geral de técnico superior, colocados nos diversos órgãos ou serviços, na sequência de um procedimento de recrutamento centralizado. Trabalhadores/as a integrar na carreira geral de técnico superior, recrutados através de outra modalidade de procedimento concursal.
Trabalhadores/as em funções públicas titulares de licenciatura, salvo quando integrado em carreira de grau de complexidade três que exija outra formação inicial obrigatória.

Datas e Inscrições Abertas: https://sigef.ina.pt/

Percurso Formativo

  • Percurso Formativo I – O enquadramento das Funções Públicas 
  • Percurso Formativo II – O desempenho das Funções Públicas 

Mais informações aqui.

Formação à Medida

banner site2021 amedida

Para além da oferta formativa apresentada, o INA proporciona aos organismos da Administração Pública a possibilidade de desenvolvimento conjunto de ações formativas, direcionadas a necessidades específicas identificadas pelos organismos públicos.

Através destas iniciativas, possibilita-se ao serviço público a construção do seu próprio percurso formativo, daqui resultando propostas ’customizadas’ de formação.
Com recurso a este figurino, a conceção curricular de ações de formação, implica a articulação com peritos/especialistas nos domínios formativos, com a possibilidade de o INA:

i) Desafiar dirigentes e gestores da formação no sentido de desenho de específicas soluções e programas;
ii) Ser impelido à cocriação de soluções para além da oferta formativa existente em catálogo;
iii) Apostar no desenvolvimento de ideias, conceitos e projetos, que assegurem a cooperação técnica nacional e internacional para a valorização e capacitação dos recursos humanos na AP.

Esta abordagem, agregadora de iniciativas, promove numa fase inicial o trabalho colaborativo na AP, dando resposta às necessidades de um contexto específico ou subsetor da Administração Pública.

Mais informações aqui.

Interesse e Serviço Público

banner PF2023 interesse publico

Incumbe ao Estado assegurar diferentes serviços públicos que permitem dar resposta às necessidades da comunidade e dos cidadãos, devendo prevalecer nessa prestação o interesse público sobre os interesses particulares ou de grupo.

É-lhe ainda exigida a disponibilização universal de serviços públicos suficientes, garantindo desta forma a qualidade de vida da população que serve.

Este desígnio é concretizado através de vários investimentos que permitem atualizar e reestruturar os serviços responsáveis pelo fornecimento de tais respostas, sendo um desses investimentos a capacitação profissional dos respetivos trabalhadores.

Para estes, disponibilizam-se ofertas formativas específicas diferenciadas por domínios funcionais de atuação, facilitando a sua escolha individual ou agregação em percursos multitemáticos para melhor resposta a necessidades de formação específicas.

Datas e Inscrições Abertas: https://sigef.ina.pt/

Áreas:

{accordionfaq faqid=raf faqclass="lightnessfaq plus headerbackground headerborder contentbackground contentborder round5" autonumber=0}

ATENDIMENTO AO CIDADÃO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:
•    Atendimento ao cidadão em serviços de saúde
•    Atendimento ao cidadão por telefone
•    Gestão de reclamações
•    Princípios essenciais do atendimento ao cidadão

COOPERAÇÃO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:
•    Candidaturas e gestão de projetos de cooperação internacional financiados pela união europeia
•    Cooperação delegada e a gestão indireta de projetos financiados pela união europeia
•    Cooperação para o desenvolvimento
•    Gestão do ciclo de projeto

DIREITO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

DIREITO ADMINISTRATIVO
•    A responsabilidade financeira na contração pública
•    Acordos quadro (utilizar o portal base)
•    Código do procedimento administrativo para juristas
•    Compras e contratação publica
•    Contencioso administrativo
•    Contratação pública
•    Contratação tic
•    Contrato de empreitada de obras públicas
•    Empreitadas (utilizar o portal base)
•    Execução de contratos
•    Gestão de canais de denúncia (whistleblowing)
•    Regime geral das contraordenações
•    Utilizar o portal base

EMPREGO PÚBLICO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:
•    Assiduidade, pontualidade e trabalho suplementar e extraordinário
•    Lei geral do trabalho em funções públicas
•    O estatuto dos profissionais da cultura
•    Regime de proteção nos acidentes de trabalho e doenças
•    Regime disciplinar dos trabalhadores em funções públicas
•    Regimes de responsabilidades dos dirigentes da administração

INTEGRIDADE
•    Gestão da ética e cultura de integridade nas organizações
•    Plano de prevenção de riscos de gestão

LEGÍSTICA
•    Legística formal aplicada
•    Preparação e redação de atos legislativos e de regulamentos
•    Preparação e redação de atos legislativos e de regulamentos na região autónoma da madeira
•    Preparação e redação de atos legislativos e de regulamentos na região autónoma dos açores

PROTEÇÃO DE DADOS

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:
•    Instrumentos normativos de proteção de dados
•    Rgpd para cidadãos atentos
•    Rgpd para implementadores

GESTÃO DE PROJETOS

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    Gestão de projetos (agilidade e gestão da mudança)
•    Gestão de projetos (casos de estudo, boas práticas e standards)
•    Gestão de projetos (conceitos base, processos, metodologias e ferramentas)
•    Gestão de projetos em ambientes complexos

FINANÇAS E CONTABILIDADE

FORMAÇÃO EM CONSÓRCIO
Contabilidade e Auditoria >AP (Consórcio CA>AP)

Consórcio visando a qualificação, capacitação e valorização dos recursos humanos da Administração Pública, através de um programa de formação avançada, de cariz profissionalizante, e de investigação e experimentação aplicada nas áreas da contabilidade e auditoria pública.  

CONTABILIDADE, AUDITORIA E FINANÇAS
•    A lei de enquadramento orçamental e o novo referencial contabilístico (snc-ap)
•    Auditoria financeira (técnicas e metodologias)
•    Auditoria interna
•    Contabilidade analítica
•    Controlo da gestão financeira e contratação pública
•    Controlo interno e gestão do risco
•    Gestão financeira pública
•    Fundamentos da contabilidade financeira e de gestão no estado
•    Perceber a contabilização dos ciclos da receita e despesa pública
•    Perceber o orçamento
•    Plano global de formação em sistema de normalização contabilística para as administrações públicas (snc-ap)
•    Prestação de contas
•    Responsabilidade financeira no âmbito da lei de organização e processo do tribunal de contas

MARKETING E COMUNICAÇÃO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    Assessoria de imprensa e media training
•    Design gráfico e multimédia
•    Estratégia e planeamento de marketing
•    Marketing digital
•    Produção de eventos
•    Relações públicas e protocolo

PLANEAMENTO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior

Cursos:

•    Análise da informação para a decisão
•    Estrutura e entendimento do quar (quadro de avaliação e responsabilidade)
•    Ferramentas de gestão estratégica
•    Prospetiva, planeamento, estratégia e avaliação

RECURSOS HUMANOS

DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL
•    A importância do autoconhecimento para a atividade profissional
•    Coaching
•    Conciliação da vida profissional, pessoal e familiar
•    Gestão de conflitos, assertividade e negociação
•    Gestão de stress e resiliência
•    gestão do tempo e da produtividade
•    Motivação e inteligência emocional
•    O poder do tempo para a qualidade de vida pessoal e profissional
•    Organização do trabalho
•    Teletrabalho

FORMAÇÃO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior

Cursos:

•    Abordagens participativas e o sucesso pedagógico
•    Avaliação da formação
•    Eformador
•    Instructional design
•    O papel do gestor/coordenador de formação no ciclo de gestão da formação

GESTÃO DOCUMENTAL

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    Gestão da informação arquivística na administração pública

GESTÃO DO DESEMPENHO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:
•    Avaliação e indicadores de desempenho
•    Desempenho dos trabalhadores no âmbito do siadap
•    Siadap (definição de objetivos smart) 62
•    Sistema integrado de gestão e avaliação do desempenho na administração pública (siadap)

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    Gestão de recursos humanos na administração pública
•    Entrevista de avaliação de competências
•    Gestão de carreiras
•    Práticas de recursos humanos para uma gestão inclusiva
•    Procedimentos concursais na administração pública
•    Processamento de vencimentos e ajudas de custo
•    Processos de recrutamento na administração pública

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:
•    Ambientes de trabalho saudáveis
•    Avaliação e controlo de riscos
•    Organização e gestão da emergência
•    Segurança e saúde no trabalho

SUSTENTABILIDADE E AMBIENTE

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    Eficiência de recursos energéticos
•    Criminalidade ambiental
•    Políticas do ambiente

UNIÃO EUROPEIA

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente técnico
Trabalhadores/as da carreira geral de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    Auxílios de estado
•    Construção e funcionamento
•    Fontes de informação
•    O futuro das cidades, os cidadãos e a união europeia (os pilares da sustentabilidade)
•    O futuro das cidades, os cidadãos e a união europeia (uma construção com o poder local)
•    O processo decisório da união europeia e as técnicas de negociação

EndFAQ

Mais informações aqui.

 

Inovação

banner PF2023 inovacao

A inovação associada ao planeamento estratégico da força de trabalho baseado em capacidades de previsão tem o potencial de se tornar uma pedra angular das políticas públicas de emprego. Um bom planeamento requer uma boa compreensão do modelo operacional organizacional, das estratégias e objetivos de transformação e do ambiente operacional mais amplo, incluindo o contexto sociopolítico e o mercado de trabalho. A oferta formativa disponibilizada na temática Inovação, visa dotar os trabalhadores da Administração Pública dos instrumentos essenciais para que possam ser desencadeados, nos serviços públicos, novas dinâmicas de gestão e organização do trabalho individual ou de grupo, tendo em vista assegurar a prestação pública exigida pelos novos tempos, em especial e, também. em termos de transferência de conhecimento interdisciplinar e transferência intergeracional.

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargo de direção intermédia
Trabalhadores/as da carreira geral de técnico superior
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Datas e Inscrições Abertas: https://sigef.ina.pt/

Cursos:

•    Avaliação da inovação
•    Competências de inovação
•    Criatividade e ideias
•    Design thinking aplicado à co-criação na administração pública
•    Gestão de projetos de inovação
•    Governação e práticas de inovação
•    Inovação colaborativa
•    Inovação conduzida pelos trabalhadores
•    Inovação em redes
•    Inovação estratégica
•    Intraempreendorismo e inovação
•    Liderança na inovação

Mais informações aqui.

Competências Digitais

banner PF2023 compDigitais

Numa era cada vez mais digital, afigura-se necessário continuar a capacitar os trabalhadores em funções públicas em competências digitais contribuindo para o incremento da respetiva produtividade e respetivas equipas em que se inserem.

Para este desígnio, apresentam-se vários cursos disponibilizados ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência do INA, inscritos num conjunto de medidas em linha com o Plano de Ação para a Transição Digital, aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 30/2020, de 21 de abril.

Aqui se enquadram as medidas i) Infoexclusão Zero, destinada a trabalhadores/as públicos em situação de infoexclusão ou em risco de o ser num futuro próximo e o programa ii) AP Digital 4.0, integrando programas que visam dar resposta a necessidades de inclusão digital, de capacitação em ferramentas de produtividade e em tecnologias emergentes, envolvendo, neste último caso, domínios tais como a inteligência artificial, cloud computing, computação avançada, gestão de dados, entre outros. A iniciativa AP Digital 4.0 integra ainda programas formativos de apoio à capacitação do pessoal de informática.

Datas e Inscrições Abertas: https://sigef.ina.pt/

Cursos:

{accordionfaq faqid=raf faqclass="lightnessfaq plus headerbackground headerborder contentbackground contentborder round5" autonumber=0}

FORMAÇÃO EM CONSÓRCIO

Impulso Digital para a Administração Pública >AP (Consórcio IP >AP)

Consórcio visando a qualificação, capacitação e valorização dos recursos humanos da Administração Pública, através de um programa de formação avançada, de cariz profissionalizante, e de investigação e experimentação aplicada nas áreas da capacitação digital.

Estão previstos igualmente contributos nas áreas das ferramentas de produtividade e tecnologias emergentes, tais como inteligência artificial, cibersegurança, computação avançada, computação na nuvem, domínio dos dados e outras que, comprovadamente, possam vir a contribuir para uma resposta mais eficaz dos serviços públicos aos desafios tecnológicos de curto, médio e longo prazo.

COMPETÊNCIAS DIGITAIS BÁSICAS

Promoção da inclusão digital dos trabalhadores da Administração Pública

No âmbito da iniciativa AP Digital 4.0 prevista no Plano de Recuperação e Resiliência do INA encontramos o programa Infoexclusão Zero, destinado a trabalhadores/as públicos em situação ou em vias de ficar em situação de infoexclusão.

Com o envolvimento dos serviços públicos, serão identificados os destinatários desta iniciativa, o qual não afastando outros públicos, procurará capacitar numa primeira fase os assistentes operacionais inseridos nas carreiras gerais e especiais das Administrações Públicas Central e Local.

A implementação deste programa terá a participação da Estrutura de Missão Portugal Digital e da Agência para a Modernização da Administração Pública (AMA).

Destinatários:
Trabalhadores/as da Administração Pública com indicação para participação no programa de apoio à inclusão digital ou com necessidades de consolidação das respetivas competências digitais.

Parceria institucional:

PTdigital

FERRAMENTAS DE PRODUTIVIDADE

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as das carreiras gerais de técnico superior
Trabalhadores/as das carreiras gerais de assistente técnico e de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

PRODUTIVIDADE INDIVIDUAL
•    Acrobat (formulários, segurança e assinaturas digitais)
•    Edição de folhas de cálculo (nível inicial)
•    Edição de folhas de cálculo (nível intermédio)
•    Edição de folhas de cálculo (nível avançado)
•    Folha de cálculo – análise e gestão de dados (percurso com 4 cursos)
•    Folha de cálculo – fórmulas e funções dos 0 aos 100 (percurso com 4 cursos)
•    Gerir o tempo através do outlook
•    Otimização e gestão de dados em excel
•    Processamento de texto (nível inicial)
•    Processamento de texto (nível intermédio)
•    Processamento de texto (nível avançado)
•    Técnicas de redação on-line: sites, intranet, e-mail, newsletter e redes sociais

TRABALHO COLABORATIVO E PARTILHA DE DOCUMENTOS
    Armazenamento e partilha de documentos na nuvem
•    Ferramentas de colaboração on-line para regime de teletrabalho
•    Gestão da comunicação interna
•    Realizar videoconferências

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS
•    Planear e realizar apresentações
•    Power bi: elaboração de dashboards (inicial)
•    Power bi: elaboração de dashboards (avançado)

TECNOLOGIAS EMERGENTES E GESTÃO

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargos de direção intermédia
Trabalhadores/as das carreiras gerais de técnico superior
Trabalhadores/as das carreiras gerais de assistente técnico e de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Cursos:

•    A data science (dos dados ao conhecimento)
•    Cibersegurança
•    Introdução às tecnologias emergentes
•    Inovação e grandes dados
•    Introdução à automação de processos robóticos (rpa)
•    Introdução à inteligência artificial
•    Robôs de conversação (processamento de linguagem natural)

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DO PESSOAL DE INFORMÁTICA

O regime que regulamenta as carreiras e funções específicas do pessoal de informática, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 97/2001s de 26 de março, prevê a obrigatoriedade de ações de formação contínua/atualização de competências em áreas previstas na respetiva regulamentação específica, designadamente, no anexo I da Portaria n.º 358/2002, de 3 de abril, que elenca as áreas de formação e os objetivos programáticos pretendidos.

Para 2023 está prevista a disponibilização de oferta estruturada de formação destinada ao pessoal das carreiras de informática, neste caso, a conceber em sede de parceria com as instituições de ensino superior e do sistema científico tecnológico com experiência no ensino dos trabalhadores/as da Administração Pública.

Uma vez ultimados os percursos formativos acima referidos, serão posteriormente divulgados nos espaços de comunicação dos parceiros envolvidos.

EndFAQ

Mais informações aqui.

 

Cidadania e Participação

banner PF2023 participacao

A formação para a cidadania e participação evidenciam a legitimidade primeira e última do Estado de Direito.

A oferta em áreas como a defesa e concretização de direitos fundamentais, a proteção multinível dos direitos humanos, a promoção da igualdade e inclusão deve assumir a prioridade para a redução de desigualdades estruturais e para a construção de uma sociedade mais coesa e mais justa em período de recuperação económica e social.

A abordagem do conjunto de valores e princípios que norteiam a conduta exigida no contexto da função pública pode e deve conseguir-se em cocriação com os cidadãos e outros parceiros da Administração Pública, de modo a promover um ecossistema que favoreça a execução de estratégias de participação e inovação abrangentes. Novas competências são necessárias para que os funcionários públicos envolvam efetivamente os cidadãos e cocriem melhores serviços.

Destinatários:
Dirigentes em cargos de direção superior
Dirigentes em cargo de direção intermédia
Trabalhadores/as das carreiras gerais de técnico superior
Trabalhadores/as das carreiras de assistente técnico e de assistente operacional
Trabalhadores/as de carreiras especiais

Datas e Inscrições Abertas: https://sigef.ina.pt/

Cursos:

{accordionfaq faqid=raf faqclass="lightnessfaq plus headerbackground headerborder contentbackground contentborder round5" autonumber=0}

CIDADANIA E DIREITOS

•    A igualdade entre mulheres e homens e as nações unidas
•    Atendimento e acolhimento organizacional a cidadãos portadores de deficiência
•    Competências para a interculturalidade
•    Design universal e a edição e produção de conteúdo acessível
•    Língua gestual portuguesa
•    Literacia sobre racismo e discriminação racial
•    O exercício da cidadania em contexto de trabalho colaborativo
•    Orçamentos com perspetiva de género
•    Plano para a igualdade entre mulheres e homens
•    Políticas na ótica de género
•    Programa de capacitação em direitos humanos para a administração pública

PARTICIPAÇÃO

•    Conceitos e princípios da participação pública
•    Do desenho à avaliação da participação
•    Oficinas de cocriação e inovação participativa
•    Participação pública na área do ambiente (em especial a convenção de aarhus)
•    Participação pública na área da saúde

EndFAQ

Mais informações aqui.

 

OCDE lança estudo sobre governança pública

imagem ccapA OECD publicou o documento Servir os cidadãos: medir o desempenho dos serviços para uma melhor experiência dos “utilizadores” que refere que melhorar a satisfação dos cidadãos com os serviços públicos é um objetivo em muitos países da OCDE e é um dos indicadores do Objetivo 16 do Desenvolvimento Sustentável 2030 - "Construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis".